Adestrar cachorro em casa é possível? Saiba agora mesmo!

O comportamento bom e obediente deve começar cedo. O programa de treinamento do seu cão deve começar o mais cedo possível, pois os cães têm uma excelente capacidade de aprender desde cedo.

Isso porque seu cão precisa entender o básico da vida, desde filhote, para se tornar um adulto autoconfiante e equilibrado e evitar o nervosismo que pode levar a comportamentos destrutivos.

Treinamento do filhote de cachorro para a vida em uma casa

Muito provavelmente, o filhote não será treinado para a vida em uma casa quando você o trouxer para casa, portanto, nas primeiras semanas, vários incidentes podem ocorrer.

Os filhotes costumam ter vários incidentes em casa porque recebem muita liberdade muito cedo e não têm certeza de qual é o lugar certo para fazer xixi e cocô, por exemplo.

A boa notícia é existem vários passos que você pode tomar para evitar isso:

•          Limite o acesso do filhote a um ou dois cômodos da casa, onde a família passa mais tempo

•          Coloque o filhote em um espaço fechado quando você não puder ficar de olho nele. É improvável que ele suje sua área de dormir, pois este é seu espaço seguro e ele vai querer mantê-lo limpo.

•          Siga o horário de alimentação em horários fixos. Isso permitirá que você monitore seu filhote mais de perto, pois é mais provável que ele precise passear logo após a alimentação.

•          É importante reforçar o comportamento correto, por isso não se esqueça de parabenizar o filhote ao urinar ao ar livre.

•          Para garantir que você possa elogiá-lo imediatamente, é uma boa ideia acompanhá-lo quando ele sair

Inclusive, leve-o para passear com frequência, após cada refeição e soneca, antes de dormir e assim que acordar pela manhã, para permitir que ele se acostume com essa rotina.

No início, leve-o sempre ao mesmo lugar, para permitir que reconheça seu próprio cheiro.

Se você perceber que está rolando ou cheirando o chão, saberá que é hora de sair.

Treinamento do filhote para obediência

Os cães são animais de matilha e precisam de autoridade. Desde o início, eles precisarão de apenas uma pessoa para assumir o papel de professor. Não grite quando chamar o cachorro. Os filhotes são sensíveis às variações de sua voz e entenderão muito bem os diferentes tons – curtos e agudos para comandos, alegres quando você os elogia ou severos quando os repreende. Sempre use as mesmas palavras para os mesmos comandos.

Como ensinar um cachorro a sentar

Segure uma recompensa sobre o nariz do filhote e mova-a lentamente para frente e para trás sobre sua cabeça. Quando o filhote seguir a recompensa com os olhos, ele se sentará.

Assim que o filhote se sentar, diga “senta” e “bravo” e dê a ele a recompensa. Serão necessários muitos ensaios para ele aprender a associar a recompensa ao ato de sentar. Começa com 3 sessões de treino curtas, com duração de apenas 5 minutos por dia, prolongando gradualmente as sessões à medida que o cachorro cresce.

Como ensinar um cachorro a deitar

Depois de ensinar o cão a sentar, você pode começar a ensiná-lo a se deitar. Comande-o a sentar-se e, em seguida, encoraje-o a se deitar, abaixando a recompensa entre as patas dianteiras e afastando-a dele enquanto você diz “deitado”. Quando ele se deitar, dê a recompensa e faça um elogio.

Escolhendo uma recompensa alimentar para treinar um filhote

Escolha algo pequeno, de baixa caloria, que o filhote goste. Um biscoito canino da porção diária pode ser suficiente, ou você pode usar um suplemento nutricional criado especialmente para o treino. Não se esqueça de incluir esta fonte de energia no cálculo da sua porção diária.

Explicando melhor

O treino é de grande importância porque apoia a integração social do cão na vida familiar, mas também na relação com outros animais e outras pessoas. Aprenda a treinar seu cão em casa!

O cão é um ser receptivo, com grande capacidade de compreensão, podendo aprender o tempo todo.

Por isso, o treino em si é de grande importância, pois apoia a integração social do cão na vida familiar, mas também na relação com outros animais e outras pessoas.

Além disso, ao ser capaz de executar certos comandos corretamente, o cão ganha muita autoconfiança, enquanto desfruta da recompensa emocional e da atenção de seu tutor.

5 regras a seguir no treinamento de cães

Para que o processo de aprendizagem seja fácil de estabelecer, seria bom ficar atento a alguns detalhes:

Um mestre

O cão é descendente do lobo, seguindo o instinto da matilha. Na família, ele reconhecerá apenas um mestre como líder do bando. Somente este membro dará as ordens, e os outros membros as seguirão e as aplicarão exatamente. Não lhe serão dadas ordens contraditórias, porque ficará confuso e não responderá a nenhuma delas, acabando por fazer o que quer, tornando-se ele próprio o chefe da matilha. Quando ele está discutindo, outra pessoa não deve intervir e acariciá-lo.

As sessões de treinamento serão curtas

Os cães e especialmente os filhotes perderão rapidamente o interesse e a atenção.

O treinamento será feito quando o animal estiver receptivo, descansado, capaz de estar atento

 Evite este momento depois de passear ou quando o cão estiver com sono. É preferível que no início, a hora do dia seja escolhida preferencialmente ao mesmo tempo. Um momento muito bom para treinar pode ser aquele antes da refeição, porque o cão é muito cuidadoso.

As sessões devem ocorrer em forma de brincadeira

Sempre seguindo o conforto do animal. Se o cão não cumprir certos requisitos, não será repreendido ou agredido. Eles sentem as emoções do mestre com muita facilidade e até mesmo um tom de voz mais alto pode levar ao fracasso total.

O cão será recompensado a cada vez imediatamente após realizar um truque corretamente

Não antes ou fora deste momento. As recompensas alimentares são as mais apreciadas. É bom que essas recompensas sejam porções muito pequenas, para que o animal possa tomá-las facilmente e não perder muito tempo consumindo-as, caso contrário, perderá a atenção do treinador. Para evitar o perigo de ganhar peso, é bom que as recompensas sejam baixas em calorias.

Como ensino o cachorro a fazer cocô em tapetes especiais

É o caso dos cachorros até aos três meses que não têm um calendário completo de vacinação, caso em que não podem sair de casa.

Os tapetes absorventes são ideais para esse fim, pois mantêm a casa limpa. Têm uma parte impermeável que evita que a sujeira se espalhe pela casa. A esteira será colocada em local tranquilo, sem agitação, para não incomodar o animal nesses momentos, sendo um bom local o banheiro.

Uma sugestão, é levar seu filho de quatro patas ao tapete imediatamente após acordar do sono ou 15 a 20 minutos depois de comer.

Assim que ele fizer cocô ou xixi na cama especial, o ideal  é dar uma  recompensa, elogios e carinho pelo comportamento desejado.

Para implementar esse hábito com mais facilidade, é desejável que os horários das refeições sejam fixos, facilitando muito a aquisição do reflexo pelos filhotes, mas também para que saibamos quando precisamos prestar atenção a essas coisas.

Caso os cachorros urinem em locais indesejados, estas superfícies serão rigorosamente higienizadas, de forma a desaparecer qualquer vestígio de cheiro.

A chave para o sucesso no treinamento é recompensar comportamentos positivos sem punir os negativos com muita severidade.

Com o tempo, o cão encontrará motivação para fazer coisas boas, abandonando os hábitos menos agradáveis por conta própria.

Quer saber um pouco mais? Leia nosso artigo sobre Adestramento de cães (coloca link).

Compartilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados

CONTATO

Endereço Matriz:

Rua Cachambi, 08 - Meier – Rio de Janeiro / RJ

Email

contato@apaixonadosporquatropatas.com.br

Atendimento Telefônico

Segunda a Sexta de 8h às 20h. Sábados de 9h às 17h. WHATSAPP APX: (21) 2042-2884

SIGA A GENTE

CADASTRE-SE PARA RECEBER NOVIDADES

© 2022 | Apaixonados por Quatro Patas | Direitos Reservados

plugins premium WordPress