SOMOS A MAIOR REDE DE CLÍNICAS POPULARES DO BRASIL

Castração de gato: o que você deve saber antes de submeter seu Pet

A castração de gato é um assunto muito importante para todo e qualquer dono de um bichano. Especialmente para aqueles que já submeteram algum animal ou procedimento e que conhecem a sua importância e seus benefícios.

Mas, ao mesmo tempo, a castração de gatos também levanta diversas dúvidas para quem ainda não teve um animal que passou pelo procedimento.

Dúvidas do tipo “a castração é segura? Causa dor no animal?” e “É necessária ou obrigatória? Trás vantagens para o gato/gata?” são muito comuns, principalmente em donos de pet de primeira viagem.

Pensando nisso, preparamos este artigo completo, com tudo que você precisa saber sobre a castração de gatos.

O que é a castração de gatos?

A castração de gatos é um procedimento cirúrgico feito sob anestesia geral que visa esterilizar o animal e prevenir gestações indesejadas.

A cirurgia, que sempre deve ser realizada por profissionais qualificados, possui alguns objetivos importantes.

São eles:

  • Gestação indesejada: A menos que você planeje que seu gato tenha filhotes, provavelmente não vai querer uma ninhada de gatos. Pode ser extremamente difícil evitar que um gato intacto se reproduza: se os animais podem sair, pois eles cedo ou tarde irão encontrar um parceiro.
  • Um gato mais calmo: Gatos castrados tendem a ser muito mais calmos. Os machos ficam menos agressivos com outros gatos, passeiam menos. As fêmeas não miam tanto e não recebem tanta atenção de machos procurando uma nova parceira. 
  • Um gato mais saudável: Gatos castrados têm menos probabilidade de contrair doenças, tais como o FIV, vírus da imunodeficiência felina, o equivalente ao HIV nos gatos, que é espalhado por mordidas e comportamento de acasalamento. Também remove o risco de câncer ovariano e testicular.  
  • Uma casa mais limpa: Os machos castrados param de marcar território em casa com seu xixi, pois não estão procurando por uma fêmea para cruzar.

Uma vez que a castração é feita sob anestesia geral, o animal não sente dor durante o procedimento. Entretanto, o felino pode vir a sentir algum desconforto e dores leves por um ou dois dias após a operação.

Nestes casos, o veterinário responsável pela operação normalmente indicará medicamentos para a dor.

Ainda após a castração, gatos passam a sofrer com algumas alterações metabólicas, que devem ser conhecidas pelos donos.

  • Redução de cerca de 30% da taxa metabólica basal;
  • Diminuição da necessidade energética diária (NED) em aproximadamente 33%;
  • Aumento de 22% na ingestão voluntária de alimentos.

A castração de gatos é obrigatória?

A castração de gatos e cachorros se tornou obrigatória em todo o território brasileiro no ano de 2017, com a entrada em vigor da Lei 13.426/2017.

A lei estabelece a castração como método de controle de natalidade e superpopulação de cães e gatos no país.

Prefeituras ficaram obrigadas a realizar campanhas de conscientização para que donos submetam seus animais a castração. Bem como realizar campanhas de verificação de carteirinhas nas residências do município para se certificar que os donos estão com os animais vacinados e castrados.

Donos que não fizerem a castração dos seus animais estão passíveis de serem multados pela prefeitura. Que por sua vez, deve disponibilizar o serviço de castração gratuitamente, utilizando recursos advindos dos impostos.

No entanto, ainda existe muita lentidão na adoção dessa lei em grande parte do país. Porém, é importante manter em mente que, legalmente, a castração de gatos e cães é obrigatória sim.

Por que é importante fazer a castração de gatos (machos e fêmeas)

Castrar um gato ou uma gata é muito importante para donos que desejam ter animais mais tranquilos, com maior tempo de vida e menor predisposição a doenças.

Isso porque a castração torna o felino muito mais tranquilo e com instinto de reprodução diminuído.

Gatos e gatas que passam pela castração passam a ter uma expectativa de vida, com qualidade, duas vezes maior que animais não castrados.

Por fim, a castração também é importante por

Quais os benefícios de fazer a castração de gatos no tempo certo

Agora que você já sabe e entende a importância de fazer a castração do seu gato ou da sua gata, é hora de avançar mais um pouco.

E conhecer também quais são os benefícios e vantagens de submeter o seu felino a castração:

  • Redução do risco de câncer de mama: a castração de gatas fêmeas é extremamente benéfica para a prevenção do câncer de mama, uma das doenças que mais mata os animais da espécie.
    Isso porque a castração interrompe a produção do hormônio progesterona, que é uma das causadoras da doença.
  • Diminui o risco do câncer de testículos: a castração reduz muito as chances de uma neoplasia testicular em machos.
  • Diminui a procura do macho por fêmeas para cópula: Depois da castração, o macho felino fica muito mais tranquilo. Suas saídas de casa para buscar fêmeas para procriar diminui drasticamente, assim como fugas para brigas com outros gatos e o risco de atropelamentos
  • Diminuição do risco de piometra: a castração da fêmea previne a piometra, uma infecção no útero muito comum em gatas de meia-idade, que podem se espalhar para os ovários da felina.
  • Acaba com o cio: as gatas não passam mais pela fase conhecida como “cio” após a castração. Isso é conveniente para o dono do animal pois a gata perde o instinto de procriação, ficando mais tranquila e caseira.
  • Acaba com a demarcação de território: outra vantagem da castração de gatos é que ela acaba com a demarcação de território com urina que os machos fazem. Tal instinto é totalmente eliminado dos felinos após o procedimento.
    Outro benefício relacionado é que o gato castrado tem o odor da sua urina diminuído.
  • Redução da agressividade: independente do felino ser fêmea ou macho, após a castração a agressividade natural do animal é bem reduzida, e tanto um gato quanto uma gata passam a ficar mais dóceis com seus donos.

Algumas desvantagens da castração de gatos

Apesar dos muitos benefícios e vantagens que a castração traz tanto para o gato(a) quanto para seus donos, também há seus pontos negativos.

Ou seja, a castração de uma gata ou de um gato também traz algumas desvantagens.

  • A castração é permanente: Um gato ou uma gata castrados nunca mais poderão se reproduzir. Então, se você deseja que seu pet tenha filhotes em algum momento, é importante considerar que a castração elimina essa possibilidade.
  • Pode fazer o seu bichano engordar: Os gatos castrados passeiam menos, comem mais e tem uma leve redução da taxa metabólica, o que normalmente pode levar o felino ao ganho de peso. Quando o ganho de peso acontece após a castração, recomenda-se um controle da dieta do animal, sempre sob a supervisão de um veterinário.  
  • O custo do procedimento: O custo da castração de gatos pode variar de clínica para clínica. Normalmente, a castração das fêmeas é um pouco mais cara. Seu veterinário vai apresentar um orçamento e dar todas as informações necessárias. Caso decida adotar um gato resgatado, pode ser que a castração já tenha sido feita pelo próprio abrigo.

Vale pontuar aqui que as desvantagens da castração não devem desestimular o dono a submeter o animal ao procedimento.

Primeiramente, porque a castração dos gatos possui mais benefícios que desvantagens para o animal e para o seu dono.

Segundo, por conta da Lei 13.426/17, a castração será amplamente obrigatória e verificada nos próximos anos.

O que a castração de gatos previne além da procriação

Além da capacidade de procriação, a castração de gatos também serve para prevenir diversos problemas de saúde nos felinos.

Algumas delas altamente letais, e que dificilmente podem ser tratadas até a cura definitiva do animal.

Nas fêmeas, a castração diminui em cerca de 80% o risco do câncer de mama, reduzindo também o risco de mastite.

Para as bichanas, a castração também promove equilíbrio hormonal e previne vários problemas uterinos.

Nos machos, a castração diminui, em termos de doença, as chances do animal desenvolver câncer de próstata.

Como a castração de gatos é realizada

Antes de submeter o seu gato ou a sua gata a castração, é fundamental escolher uma boa clínica veterinária. Assim como realizar os exames de risco cirúrgico para saber se está tudo bem com o animal.

E se ele está com a saúde em dia e apto para realizar a cirurgia sem grandes problemas.

A cirurgia, tanto para um gato macho quanto para uma fêmea, é bem simples em geral.

Nos gatos, os testículos são removidos do animal, que a partir de então se torna infértil. Afinal, depois da cirurgia o bichano não consegue mais produzir testosterona.

A castração de gatos machos pode ser feita a partir dos seis primeiros meses de vida do animal. Durante o procedimento, para evitar qualquer dor ou complicação, o gato é colocado em anestesia geral.

Já no caso das gatas, a castração também pode ser realizada a partir dos seis meses de vida da felina, ou depois do primeiro cio. Para a cirurgia, a gata também é colocada em anestesia geral.

Na castração da fêmea, o útero, as tubas uterinas e os ovários são removidos por meio de uma pequena incisão.

É possível fazer a castração sem a remoção dos ovários da gata. Porém, não é uma opção indicada em praticamente nenhum cenário, pois a fêmea continua tendo seus períodos de cio e atração do macho.

Em relação ao tempo de recuperação, os gatos e gatas precisam de cerca de 7 a 10 dias para cicatrização da incisão. Entretanto, alguns animais já se sentem bem dispostos e apresentam cicatrização avançada a partir de três dias após a cirurgia.

O que considerar antes de submeter o seu gato ou gata a castração e como preparar o animal para a cirurgia

Existem alguns pontos que devem ser sempre considerados antes de submeter um gato à castração. Como, por exemplo, se deseja que o animal tenha filhotes antes da castração, se os benefícios que a operação proporciona ao animal superam as desvantagens na visão do dono, etc…

Uma vez que a decisão de submeter o seu gato ou gata a cirurgia de castração, é fundamental observar algumas condições prévias. Para garantir que o animal está preparado para passar pela cirurgia sem riscos.

O primeiro deles é observar o tempo de vida do animal, que deve ser sempre de, no mínimo, seis meses.

Outro ponto muito importante na preparação para a cirurgia é observar se a gata ou o gato está em bom estado de saúde. Se está forte e bem nutrido, pois a castração de gatos pode se tornar perigosa se o animal estiver magro demais.

Especialmente no dia da cirurgia é fundamental fazer com que o felino passe um tempo em jejum.

Para água, o jejum que o bichano deve encarar é de pelo menos seis horas ininterruptas, o mesmo vale para quaisquer outros líquidos. Já para alimentos duros como ração e carne, por exemplo, o tempo mínimo de jejum deve ser de 12 horas.

Para a operação, em alguns casos é normal que o veterinário peça para você providenciar alguns itens como:

  • Caixa de transporte para levar o gato;
  • Manta para enrolar o gato após sair da cirurgia, a anestesia costuma dar frio;
  • Colar elizabetano para colocar após a castração.

Escolhendo a clínica para castração: o que você deve considerar

Para finalizar, você também deve saber escolher muito bem a clínica veterinária e os profissionais para fazer a castração do seu gato.

Em linhas gerais, sempre busque por clínicas que tenham boas avaliações na região em que você mora. Pesquise bem pelo nível de satisfação, e também de desaprovação e queixas, de outras pessoas que foram clientes.

Busque saber mais sobre o quadro de profissionais que trabalham na clínica, principalmente os veterinários. Afinal, são eles que vão realizar a castração no seu felino.

Saiba também todos os serviços além da castração que a clínica oferece ou deixa de oferecer, como tosa e banho para dar exemplos. É interessante poder contar com uma clínica que entregue diversos serviços recorrentes.

E claro, verifique quais são os custos da cirurgia de castração do seu gato e compare o custo-benefício com outros concorrentes, se assim desejar.

Agora, se você não quer perder muito tempo pesquisando, saiba mais sobre o que você pode esperar ao escolher a Apaixonados por Quatro Patas para fazer a castração do seu gato.

Para isso, é só clicar no botão abaixo.

➥ Quero saber mais sobre a castração de gatos da Apaixonados por Quatro Patas

Compartilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados

CONTATO

Endereço Matriz:

Rua São Januário 527 - São Cristovão

Email

contato@apaixonadosporquatropatas.com.br

Atendimento Telefônico

Segunda a Sexta de 8h às 20h. Sábados de 9h às 17h. Tel: (21) 3090 0700

SIGA A GENTE

CADASTRE-SE PARA RECEBER NOVIDADES

© 2022 | Apaixonados por Quatro Patas | Direitos Reservados